Sua Excelência Dra. Lídia Cardoso, Vice-Ministra da Saúde e o Excelentíssimo Dr. Zacarias Zindonga Secretário Permanente do Ministério da Saúde (MISAU) estão entre os diversos quadros que foram vacinados um pouco depois do processo ter arrancado a nível nacional.

A vacinação da Vice - Ministra e do Secretário Permanente ocorreu ao nível da brigada móvel instalada no MISAU.

Ambos descreveram o processo como simples e seguro, tendo encorajado aos demais profissionais de Saúde a seguirem o seu exemplo.

E o exemplo foi imediatamente seguido por dezenas de funcionários do sector à diversos níveis, que afluiam ao local esperando a sua vez.

Entre os funcionários constavam directores nacionais, assitentes, agentes de serviços, motorista entre outros, desde as chefias até aos serviços de apoio.

Recorde-se que nesta primeira fase, a vacinação é destinada aos profissionais de saúde, funcionários das morgues municipais, coveiros dos cemitérios e idosos que vivem lares de idosos.

MISAU-DCI

Arrancou esta manhã no País, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a COVID-19, com o Ministro da Saúde, Armindo Daniel Tiago, a ser o primeiro cidadão moçambicano, vacinado em território nacional.

Armindo Tiago foi vacinado, por um lado, na qualidade de profissional de saúde, grupo definido no Plano Nacional de Vacinação contra a COVID-19, aprovado pelo Governo, como o primeiro prioritário, e por outro, na qualidade de Ministro da Saúde, para dar o exemplo aos demais.

Falando na ocasião, o Ministro da Saúde referiu que o acto revestia-se de grande importância, explicando que, "com ele pretendemos transmitir a fiabilidade do processo encabeçado pelo Governo através do sector de saúde, para que todos nós, profissionais de saúde e sociedade em geral, confiemos no mesmo”.

O lançamento da campanha marcou o arranque da Primeira Fase de Vacinação Contra a COVID-19, no país, administrada por injecção intramuscular, na parte superior do braço, sendo que a I dose está a ser administrada a partir desta Segunda-feira, 08, até 12 de Março, e a II, de 29 de Março à 02 de Abril, sendo que ambas as doses serão administradas em todos Hospitais Centrais, Províncias, Gerais, Distritais, assim como por brigadas móveis, com um intervalo de 21 dias.

Sob o lema, “Vacinar, sim. Prevenir, sempre”, foi esta Sexta-feira, 05 de Março de 2021, lançado em Maputo, o Plano Nacional de Vacinação contra a COVID-19.

O Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em Moçambique, contém orientações e acções para garantir que o processo da vacinação contra esta doença no país, ocorra de forma segura, transparente e eficaz.

O evento de lançamento do Plano foi presidido pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, tendo a apresentação do documento de 15 páginas que agrega, entre outros aspectos, os objectivos, o grupo alvo, a estratégia de procura da vacina, critérios para identificação dos grupos prioritários, gestão do processo de vacinação, comunicação e educação, monitoria da segurança da vacina e farmacovigilância, inquéritos de cobertura vacinal, e o orçamento Global do Plano, estado a cargo do Ministro da Saúde, Armindo Tiago.