Com a taxa de positividade das pessoas testadas a aumentar substancialmente nas últimas semanas, indicando um aumento da intensidade da transmissão do vírus, Moçambique, de acordo  com o Ministério da Saúde (MISAU), testou nas últimas 24 horas, 1.016 amostras suspeitas de contaminação com o novo Coronavírus (734 foram testadas em laboratórios do sector público e 282 do sector privado).

Dos novos casos suspeitos testados, 971 foram negativos e 45 positivos para Covid-19. Segundo o MISAU este é o número mais baixo de casos novos registados nas últimas duas semanas.

Os quarenta e cinco (45) casos novos hoje reportados são indivíduos de nacionalidade moçambicana; quarenta e quatro (44) casos são de transmissão local e um (1) importado.
Todos encontram-se em isolamento domiciliar, estando em curso o mapeamento dos seus contactos.

Dos 45 casos novos, vinte e cinco (55.6%) são do sexo masculino e vinte (44.4%) feminino.

Mil quatrocentos e doze (1.412): este é o número de casos suspeitos testados em Moçambique, nas últimas 24 horas (766 em laboratórios do sector público e 646 do sector privado).

De acordo com o comunicado do Ministério da Saúde (MISAU), sobre a situação da Covid-19 no país, partilhado esta tarde, dos novos casos suspeitos testados, 1.321 foram negativos e 91 foram positivos para Covid-19.

Dos 91 casos, oitenta e sete (87) são de indivíduos de nacionalidade moçambicana e quatro (4) estrangeiros (85 de transmissão local e 6 importados), sendo que, quarenta e nove (53.8 %) são do sexo masculino e quarenta e dois (46.2%) são do sexo feminino.

Todos encontram-se em isolamento domiciliar, decorrendo o processo de mapeamento dos seus contactos.