Imprimir

Arrancou na manhã desta Segunda-feira, 21 de Setembro, a campanha de vacinação contra a cólera na província de Cabo Delgado.

Lançada pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, em representação de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da Republica, a campanha a campanha de vacinação contra a cólera prevê abranger, em duas fases, 366.750 pessoas com idade igual ou superior a um ano de idade, incluindo mulheres grávidas e adultos, e ocorre numa altura em que a província de Cabo Delgado tem estado, desde o passado mês de Fevereiro, a registar casos de cólera em cinco distritos designadamente, Ibo, Macomia, Mocímboa da Praia, Metuge e Pemba, com a particularidade de que nestas duas regiões, Pemba e Metuge, só serão vacinadas as pessoas que, no ano passado, 2019, não foram abrangidas.

A primeira fase da vacinação iniciou esta Segunda-feira e vai decorrer até 25 de Setembro, e a segunda, terá lugar de 12 a 17 de Outubro.

Falando na ocasião do lançamento da campanha, o Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, que deu o exemplo tomando uma dose, secundado pelo Ministro da Saúde, lembrou aos presentes na cerimónia que, para que a campanha de vacinação seja bem sucedida, é indispensável a participação de todos e a partilha de informação sobre a mesma.

 

" É também fundamental a observância das medidas básicas de higiene individual e colectiva, tais como a lavagem das mãos com água e sabão ou cinza, uso da casa de banho após e antes de qualquer contacto com alimentos; usar a latrina ao fazer necessidades maiores; beber água tratada com certeza, cloro ou mesmo água fervida", referiu Carlos do Rosário, acrescentando que " Se formos eficientes nestas medidas, contribuiremos fortemente para o controlo desta doença, lembrando sempre que a vacina é complementar às medidas acima referidas".

A campanha de vacinação contra a cólera, em Cabo Delgado é da iniciativa do Governo de Moçambique, através do Ministério da Saúde (MISAU).

Conta com o apoio de parceiros de cooperação e está orçada em 18 milhões de meticais.

A mesma será levada a cabo por 1.117 técnicos, integrados em 150 equipas de vacinação.

A cerimónia do seu lançamento teve lugar no Centro de Saúde Eduardo Mondlane, na Cidade de Pemba, e para além da do Primeiro-Ministro, contou com a presença do Ministro da Saúde, Armindo Tiago, quadros do Gabinete do Primeiro-Ministro e do MISAU, parceiros de cooperação, membros do Governo e de representação do Estado a nivel provincial, sociedade civil entre outros.

MISAU-DCI