Imprimir

O Ministério da Saúde (MISAU), recebeu na tarde desta Sexta-feira, 17 de Abril, da SASOL Moçambique, 60 mil litros de desinfectante.

Usado regularmente para higienizar as Unidades Sanitárias (US) e as mãos dos profissionais da Saúde, o produto em causa tem se revelado de capital importância na prevenção do contágio com o Coronavírus, nas US, assim como em outros locais, como super mercados, instituições público e privadas, entre outras.

A entrega do donativo teve lugar no Armazém Central de Medicamentos do Zimpeto, na cidade de Maputo, em cerimónia dirigida pela Vice-ministra da Saúde, Dra. Lídia Cardos, que na ocasião manifestou-se satisfeita com o nível de resposta que as instituições e entidades públicas e privadas, têm dado ao MISAU, para aumentar a sua capacidade de resposta ao Coronavírus.

Hoje, recebemos da SASOL Moçambique o primeiro lote de um global de 60 mil litros de desinfectante que a firma se comprometeu a doar ao Ministério da Saúde, como sua contribuição para o reforço da capacidade do país na prevenção e combate à Covid-19 ”, disse a governante, que prosseguindo, não teve reservas em garantir que o MISAU vai fazer bom uso da doação. “ Fica registado, aqui e perante todos, o nosso comprometimento em não só fazermos chegar o apoio aos destinatário, designadamente as Unidades Sanitárias, priorizando a transparência na sua distribuição, mas também, em fazer um uso racional do mesmo ”.

A doação foi entregue ao MISAU, por Ovídio Rodolfo, Director-Geral e Vice-presidente da SASOL para Moçambique.

O gestor disse que o gesto da petrolífera enquadrava-se na responsabilidade social da instituição. “ Gostaria, em nome do Grupo SASOL, de expressar algumas palavras de manifesta solidariedade para com o povo e governo moçambicanos, neste momento difícil para Moçambique, África e o mundo em geral ”, começou a sua alocução, Ovídio Rodolfo e prosseguindo, referiu que a empresa não podia

ficar indiferente à situação. “ Sendo Moçambique e em particular a província de Inhambane o centro das nossas operações, não podíamos ficar indiferentes aos desafios que a pandemia de COVID-19 coloca ao governo e povo moçambicanos. Foi nesse âmbito que a SASOL iniciou contatos com o Governo de Moçambique para que este nosso apoio fosse hoje materializado. A SASOL vai apoiar os esforços do Governo de Moçambique no combate à COVID-19, fornecendo um total de 60 mil litros de desinfectante, dos quais 23 mil litros serão enviados directamente à província de Inhambane, para apoiar a província no geral e os distritos de Inhassoro, Govuro e Vilanculos, em particular, que são o foco das nossas operações ”.

Esta Sexta-feira, a SASOL entregou o primeiro lote de 5 mil litros, dos quais, 4 mil para Maputo e mil litros, para a província de Inhambane.

Durante as próximas doze semanas e de forma consecutiva, a SASOL vai entregar 5 mil litros por semana.