Imprimir

Numa cerimónia realizada ontem (22/11), no edifício-sede do Ministério da Saúde (MISAU), o nosso país recebeu, dos Estados Unidos da América, representado pelo seu embaixador, Dennis Walter Hearn, um lote de 840 mil vacinas de dose única da Johnson & Johnson (J&J).

Trata-se de vacinas da iniciativa COVAX Global e foram financiadas pelo governo dos EUA, resultando compromisso daquele país na luta mundial contra esta pandemia.

As vacinas chegam numa altura em que, o país prossegue com a execução da terceira fase de vacinação, cuja primeira etapa termina a 20 de Dezembro.

Com este lote, entregue na Segunda-feira, a Moçambique, eleva-se o número total de vacinas doadas pelos EUA ao país, através da COVAX, para 1.478.000 doses, tal como destacou o diplomata americano, na sua intervenção.

O ministro da saúde, Armindo Tiago, por seu turno, afirmou que através de iniciativas como o COVAX, o Governo de Moçambique, pretende atingir a meta de vacinar cerca de 60 por cento da população, até o final do presente ano, e com isso criar uma imunidade comunitária, que contribuirá para a retoma da normalidade social e económica no nosso país.

 

Presente na cerimónia, Van Xilander, novo Representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Moçambique, disse que a doação dos EUA, não apenas vai ajudar o nosso país a atingir a meta da cobertura de vacinação, mas, também, a alcançar o objectivo recomendado pela sua organização, que consiste em alcançar quarenta por cento da população vacinada até Dezembro de 2021.

Para além das 840 mil doses de vacinas, o Governo Moçambicano recebeu, também, dos EUA, 60 cilindros de oxigénio terapêutico, para ser usado no tratamento de pacientes infectados pelo SARS-COVI 2.

Os EUA, também estão a instalar um sistema de oxigénio na província de Nampula, que permitirá que as unidades sanitárias produzam e se abasteçam, localmente do oxigénio.

A cerimónia de recepção de vacinas e cilindros de oxigénio terapêutico foi testemunhada, pela representante do UNICEF em Moçambique, Katarina Johansson e quadros do MISAU.

MISAU-DCI