Imprimir

Trata-se do primeiro lote de um total de 9.3 milhões de doses de vacinas da Johnson & Johnson, adquiridas no âmbito da Iniciativa African Vaccine Acquisition Trust (AVAT) implementada em parceria com a União Africana.

As vacinas foram entregues pelos parceiros implementadores da AVAT, ao Secretário Permanente, Grilo da Silva Lubrino, em cermónia havida na manhã de hoje no edifício sede do Ministério da Saúde em Maputo. Na ocasião, o Secretário Permanente, lembrou aos presentes, que as mesmas chegam numa altura em que no país já está em curso a Campanha de Vacinação Massiva, no qual já foram completamente imunizados mais de 1 milhão de moçambicanos.

"O lote que recebemos hoje e os que chegarão nos próximos dias, vão permitir-nos continuar a implementar o Plano Nacional de Vacinação Massiva, por forma a alcançarmos os cerca de 17 milhões de pessoas elegíveis, de acordo com o mesmo Plano", referiu.

 

Espera-se a chegada de um segundo lote das vacinas no quadro da AVAT ainda este mês de Setembro, sendo que as hoje entregues, vêm complementar as outras que o Governo tem adquirido no âmbito do mecanismo COVAX, assim como as doadas no âmbito da cooperação bilateral com outros Estados.

A entrega ao nosso país, do primeiro lote das vacinas da Covid-19 no âmbito da AVAT, também está a acontecer pela primeira vez em vários Estados-Membros da União Africana e visa imunizar até um terço da população do continente.

A disponibilização destas vacinas resulta do acordo histórico de compra antecipada das mesmas, assinado a 28 de Março de 2021 pela AVAT, que prevê a aquisição para 55 países africanos, de 220 milhões de doses da vacina COVID-19 de dose única da Johnson & Johnson, com potencial para aquisição de mais 180 milhões doses, perfazendo 400 milhões de doses.

Entretanto ao contrário de outros países africanos que estão a adquirir os imunizantes com finaciamento o Banco Africano de Exportação-Importação (Afreximbank), no caso do nosso país, foi possível graças à aprovação pelo Banco Mundial, em Junho passado, de uma subvenção no valor total de 100 milhões de dólares americanos e uma subvenção adicional no total de 15 milhões de dólares americanos do Global Financing Facility (GFF) em apoio aos esforços do país para alargar a sua actual campanha de vacinação contra a Covid-19.

Os parceiros implementadores da Iniciativa AVAT incluem a União Africana, o Banco Africano de Exportação-Importação (Afreximbank), os Centros Africanos de Controlo e Prevenção de Doenças (Africa CDC), a UNECA, o Banco Mundial, o UNICEF, o AMSP, entre outros.

MISAU-DCI