Notícias

Ministro da Saúde destaca papel da Médicos Sem Fronteiras no alívio do sofrimento humano em Moçambique

O Ministro da Saúde, Armindo Daniel Tiago, participou na tarde desta Quinta-feira, 6 de Junho, em Maputo, nas comemorações dos 40 anos da presença da Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Moçambique.

Intervindo por ocasião do evento que marca as quatro décadas de colaboração entre o governo de Moçambique e a MSF, Armindo Tiago disse que a actuação e o compromisso da organização para com a população, especialmente com os mais vulneráveis, é uma manifestação concreta do espírito humanitário que guia a MSF.

“Desde a sua chegada ao nosso país, a organização tem sido um pilar de apoio em momentos críticos. As suas equipas incansáveis têm estado na linha da frente em crises de saúde pública, epidemias, desastres naturais e conflitos”, reconheceu Tiago.

Desde a chegada da Médicos Sem Fronteiras, facto que aconteceu em plena guerra dos 16 anos, tem sido um parceiro de grande valia para o sector da saúde, quer seja com a sua expertise médica, quanto seja através da sua abordagem de solidariedade e respeito, o que contribui para o fortalecimento da resposta colectiva às calamidades naturais como a seca e cheias, eventos climáticos extremos tais foram os casos dos ciclones Idai, Fred e Felipo, associados à situação de terrorismo em Cabo Delgado, a epidemia de HIV/SIDA, a malária, a cólera, a poliomielite e, mais recentemente, a pandemia de COVID-19.

Prosseguindo, o governante destacou alguns dos contributos mais significativos da MSF em Moçambique entre os quais, a Resposta às Epidemias, oferta de Cuidados de Saúde Primários, Formação e Capacitação de profissionais de saúde moçambicanos e, Advocacia dos direitos dos pacientes e Pesquisas que informam e melhoram as práticas de saúde pública.

O Ministro da Saúde falou igualmente dos sacrifícios feitos pelos membros da MSF, a sua dedicação, frequentemente em condições adversas, sublinhando ser um testemunho do seu compromisso inabalável com a humanidade.

“Reconhecemos e agradecemos a cada profissional, voluntário e parceiro que fez e continua a fazer parte desta missão nobre. Ao olharmos para o futuro, reafirmamos o nosso compromisso com esta parceria vital. Juntos, continuaremos a enfrentar novos desafios de saúde com a mesma determinação e espírito de colaboração que nos trouxe até aqui”, disse.

Armindo Tiago terminou a sua intervenção expressando, em nome do Governo de Moçambique e do povo moçambicano profunda gratidão à organização, augurando que os próximos anos sejam repletos de mais conquistas e avanços na saúde, sempre guiados pelos valores de humanidade, imparcialidade e respeito pela dignidade humana.

O evento que assinalou as comemorações dos 40 anos de presença da MSF em Moçambique contou com a participação do presidente da organização, Christos Christou, seus colaboradores, quadros do Ministério da Saúde, representantes dos parceiros de cooperação, sociedade civil entre outros convidados.

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *