Notícias

OMS reconhece Moçambique por estar livre de poliovírus selvagem do tipo 1

O reconhecimento ao país por estar livre do surto de poliovírus selvagem do tipo 1 (PVS1), teve lugar em Genebra, Suíça, num evento organizado pela Fundação Bill & Melinda Gates, no quadro da 77ª Sessão da Assembleia Mundial de Saúde.

Segundo foi referido no evento que esteve subordinado ao tema “Eliminando surtos através da Prevenção, Detecção e Coordenação”, no qual o Ministro da Saúde Armindo Daniel Tiago participou como orador, ditaram o sucesso no combate àquela estirpe do vírus da pólio, a eficácia da comunicação com as comunidades no decurso das nove rondas de vacinação, nas regiões Centro e Norte, e quatro rondas nas províncias do Sul, que apresentavam menor risco, sendo que no total foram administradas cerca de 90 milhões de doses.

O Ministro da Saúde, que agradeceu o reconhecimento feito a Moçambique, referiu ser importante manter os ganhos e, para o efeito, considerou ser necessário que os países e os doadores trabalhem juntos no fortalecimento do sistema de vigilância. Tiago alargou a partilha da experiência do país na eliminação da pólio, tendo dado a conhecer o contexto desafiante em que este feito se materializou, caracterizado por terrorismo, mudanças climáticas, que deslocam, matam pessoas e destroem infraestruturas sanitárias, bem como surgimento de sutos, como o da cólera.

Para além de Moçambique, também foi reconhecido o Malawi país com o qual se partilha a fronteira e foram coordenadas acções de resposta ao surto de PVS1.

Refira-se que o anúncio de que o país estava livre da poliovírus selvagem, que causa paralisia infantil, já tinha sido feito na 15.ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros, realizada a 14 de Maio.

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *