O perfil demográfico de pessoas que foram infectados pelo novo coronavírus na última semana epidemiológica, que vai de 17 a 23 de Maio, no país, mostra que, em Moçambique, a Covid-19 tende a afectar pessoas da faixa etária com idades abaixo de 19 anos, contrariando a tendência anterior.

Na última semana epidemiológica, o país notificou 39 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais 19 são pessoas com idades na faixa etária abaixo dos 19 anos. Na semana anterior haviam sido registados apenas 6 pessoas desse grupo etário, num total de 42 casos reportados.

Portanto, o facto de termos uma epidemia baseada em focos de transmissão vamos ter uma mudança no perfil demográfico dos casos positivos. Em uma semana triplicou o número de indivíduos infectados com a Covid-19 naquele grupo etário”, referiu o director-geral do Instituto Nacional de Saúde, Ilesh Jani, durante a apresentação da análise epidemiológica da semana finda,na conferência de imprensa de actualização de dados sobre esta pandemia.

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou esta tarde, 23 de Maio, em Conferência de Imprensa, o registo de mais quatro casos de infecção pelo novo coronavírus, subindo para 168 o número de pacientes testados positivos no país. Do número total de infectados, 142 são de transmissão local e 26 importados.

Dos novos casos notificados, dois estão no distrito de Palma, província de Cabo Delgado e os outros dois na cidade da Beira, província de Sofala. Destes, dois são de nacionalidade moçambicana e igual número de zambianos. Todos apresentam sintomatologia leve e moderada e encontram-se em isolamento domiciliário.

Neste momento decorre o processo de mapeamento dos contactos destes casos.

Entretanto, a directora Nacional de Saúde Pública, Rosa Marlene, revelou que “três cidadãos estão completamente recuperados da COVID-19, elevando para 51 o número de pacientes que venceram a doença”.

Dados do Ministério da Saúde indicam que desde o início da pandemia, foram testadas no país 7.947 casos suspeitos de COVID-19, sendo 467 nas últimas 24 horas. Das amostras testadas nas últimas 24 horas, 241 são provenientes da Cidade de Maputo, 106 da Província de Maputo, 80 de Cabo Delgado, 15 da Zambézia, 21 de Sofala, dois de Tete e dois de Inhambane e Gaza.

Informação detalhada no comunicado em anexo.

Mais informação consulte a secção sobre COVID-19