O país registou nas últimas 24 horas mais 10 casos de infecção pelo novo Coronavírus, passando, desta forma, a ter um cumulativo de 129 casos positivos confirmados, dos quais 43 já se encontram recuperados da doença. A informação foi fornecida este sábado (16.05)  pela directora nacional de Saúde Pública no Ministério da Saúde, Rosa Marlene,  falando na habitual Conferência de Imprensa de actualização de dados sobre a Covid-19.

Segundo explicou a directora,  os casos positivos em alusão fazem parte de um lote de 374 amostras testadas nas últimas 24 horas pelo laboratório de referência do Instituto Nacional de Saúde,  das quais 364  revelaram-se negativas. Destas amostras, 100 são de Cabo Delgado,  2 de Manica, 11 de Sofala, 1 de Gaza, 151 de província de Maputo e 109 da cidade de Maputo.

Sobre os novos casos confirmados hoje, a directora informou que 9 são de nacionalidade moçambicana e 1 de nacionalidade portuguesa, sendo que todos apresentam sintomatologia leve, por isso encontram-se em isolamento domiciliar.

Em outro desenvolvimento, Rosa Marlene disse que a situação do país continua preocupante, uma vez que foram identificados novos focos de transmissão em várias províncias que até então não tinham reportado casos confirmados de Covid-19.

Moçambique registou, nas últimas 24 horas, mais quatro casos de infecção pelo novo coronavírus, elevando para 119 o total de pessoas notificadas com a doença, dos quais 42 estão recuperadas.

Segundo dados reportados esta sexta-feira, 15 de Maio, pelo Ministério da Saúde, em conferência de imprensa de actualização de dados sobre a Covid-19, realizada na Presidência da República, estes doentes saíram de um total de 242 amostras testadas no laboratório do Instituto Nacional de Saúde (INS) e recolhidas durante o processo de vigilância activa.

Os casos novos reportados, segundo a directora Nacional de Saúde Pública, Rosa Marlene, são todos de nacionalidade moçambicana, sendo que dois têm sintomatologia leve a moderada e outros sem sintomas.

Dois dos doentes estão no distrito de Búzi, província de Sofala, e ambos são regressados da vizinha África de Sul.

Outro, de sexo feminino, detectado num hospital privado, está na cidade de Maputo, enquanto o quarto, está no distrito de Palma, província de Cabo delgado.

“Os casos hoje reportados encontram-se em isolamento domiciliar. Neste momento decorre o processo de mapeamento dos contactos”, explicou Rosa Marlene.

Devido ao crescente aumento de casos positivos da Covid-19 no país, a responsável sublinhou a importância da observância das medidas recomendadas pelo Governo, nomeadamente o uso das máscaras, o distanciamento social, permanência domiciliária e higienização das mãos, por forma a reduzir a cadeia de transmissão da doença.

Informação detalhada no comunicado em anexo.

Mais informação consulte a secção sobre COVID-19